Procura por seguros de vida aumentou 9,2% durante a pandemia

Por Redação, Agenda News

Publicado em 06/04/2021 15h09 - Atualizado em 06/04/2021 15h09

Procura por seguros de vida aumentou 9,2% durante a pandemia Diego Oliveira (especialista em planejamento financeiro), da DMO corretora de seguros de vida
  Compartilhar

Em um ano a procura por seguros de vida aumentou 9,2% no Brasil, de acordo com a síntese mensal da Superintendência de Seguros Privados (Susep). Os dados são de janeiro de 2020 até o mesmo mês desse ano e revelam uma quebra cultural da sociedade brasileira. Prova disso é que, após o início da pandemia, os brasileiros começaram a se interessar por esse tipo de blindagem patrimonial e familiar.

 

“A pandemia fez com que pensássemos mais e nos preocupássemos mais com as incertezas que podem acontecer em nossas vidas. Esta preocupação fez com que a procura por coberturas de seguros de vida aumentasse consideravelmente no Brasil. Os brasileiros, por ainda não conhecerem a fundo um bom seguro de vida, passaram a contar e se interessar mais sobre este tipo de blindagem patrimonial e familiar”, disse o especialista em planejamento financeiro, Diego Oliveira da DMO corretora de seguros de vida.

Continua depois da publicidade:
Agenda News

Segundo Diego, um bom seguro de vida garante a proteção da perda de recursos financeiros ou dos patrimônios da família em casos de morte e invalidez; além de auxiliar financeiramente em uma doença grave, com a diária hospitalar, ou a invalidez total ou parcial. “O seguro de vida é fundamental para garantir a dignidade do segurado bem como de sua família e patrimônio, tornando uma ferramenta financeira fundamental e inicial de qualquer pessoa”, ressaltou o especialista.

 

Diego orienta que é preciso ficar atento na hora de contratar o seguro de vida. “Um bom seguro é o chamado seguro de vida individual, ou seja, um seguro da pessoa e um que faça todas as análises prévias dos riscos do segurado, realizando exames e consultas médicas antes que o cliente se torne segurado. Para isto é preciso procurar empresas com muito tempo de mercado e, principalmente, com muita solidez financeira”, explicou o especialista.



Gostou desta publicação?

Continue nos acompanhando nas mídias sociais e confira muitos outros conteúdos exclusivos feitos para você! Estamos no Instagram, no Facebook e no YouTube! Agenda News é mais notícia e informação, sempre com você na sua mão.