Região Serrana do Rio vai ganhar dois novos radares meteorológicos

Parceria entre INEA e INPE define os locais para a instalação de dois radares na Região Serrana

Por Redação, Agenda News

Publicado em 20/06/2024 12h39

Região Serrana do Rio vai ganhar dois novos radares meteorológicos Divulgação
  Compartilhar

O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) concluíram um estudo conjunto para a instalação de dois radares meteorológicos de pequeno porte (banda-X) na Região Serrana do Rio de Janeiro. 

Continua depois da publicidade:
Concer 7-2024

Com investimento de R$ 34 milhões oriundos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental e desenvolvimento Urbano (FECAM), o objetivo da ação é incrementar o monitoramento meteorológico e melhorar o envio de alertas de eventos críticos, como tempestades e enchentes, para os municípios de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo.

A instalação dos novos radares é fundamental para qualificar o monitoramento meteorológico em tempo real, que será mais preciso, permitindo antecipar as ações de prevenção aos eventos extremos, e assim, garantindo mais segurança para a população da Região Serrana - disse o Secretário de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, Bernardo Rossi.

Os estudos envolveram simulações da efetividade do monitoramento em 24 locais candidatos à instalação dos novos radares. Além disso, foi realizada uma avaliação das coberturas dos seis radares já existentes no estado. Após a análise, foram selecionadas duas localidades específicas para a instalação dos novos equipamentos: Morin/Petrópolis, (para atendimento de Petrópolis) e Vieria/Teresópolis (para atendimento de Teresópolis e Nova Friburgo)

A escolha da localização para a instalação de radares meteorológicos deve ser feita com base em critérios técnicos e operacionais que garantam a eficiência do monitoramento e a cobertura desejada. Essa etapa está sendo concluída com sucesso e os locais selecionados apresentam grande potencial para maximizar a eficácia dos radares meteorológicos, contribuindo significativamente para a segurança e bem-estar das populações monitoradas - disse Cinthia Avellar, da Gerência de Hidrometeorologia do Inea.



Gostou desta publicação?

Continue nos acompanhando nas mídias sociais e confira muitos outros conteúdos exclusivos feitos para você! Estamos no Instagram, no Facebook e no YouTube! Agenda News é mais notícia e informação, sempre com você na sua mão.